domingo, 16 de outubro de 2011

Você bebe água o suficiente?

Oi girls,

Eu não era de beber muita água, nunca fui...Já maridon mais parece um camelo, rs...

De um tempo pra cá meu consumo de água aumentou muito, e principalmente quando eu passei a usar o Jack3D como pré-treino, aumentei mais ainda e apesar de não tomar mais, a água ficou...E com vcs, como está o consumo de água?



Todos nós sabemos a importância da água para a nossa saúde, mas poucos sabem da contribuição da água quando o assunto é construir massa muscular. Manter o corpo bem hidratado é muito mais importante do que a gente imagina e este fato não deve ser menosprezado.

Cerca de 70% do nosso corpo é composto por água – incluindo 83% do seu sangue, 22% dos seus ossos e impressionantes 75% da sua massa muscular. Quando a gente fica desidratado, os níveis de água de todas estas partes diminuem. E quando isto acontecer você pode esquecer a hipertrofia muscular, pois esta será a última prioridade do seu corpo, isso se você tiver energia para treinar corretamente.

A água vem em segundo lugar, apenas perdendo para o oxigênio, no ranking de nutrientes mais importantes para o corpo. Estudos comprovam que até mesmo pequenas oscilações nos níveis de água podem afetar a saúde e até mesmo a performance de uma pessoa.

Resumindo: a água promove um ambiente anabólico no nosso corpo!


A primeira pergunta que deveríamos fazer é...

Estou tomando água o suficiente?

A resposta provavelmente será NÃO. Refrigerantes e café não contam. A cafeína por exemplo (geralmente presente tanto no café como em refrigerantes além de suplementos amplamente utilizados como pré-treinos e tremogênicos), aumenta a perda de fluidos através da diurese. Quando isto acontece, o corpo começa a reter água. Geralmente nós escutamos que o ideal é beber de 6 a 8 copos de água ao dia. Esta quantia é apenas convencional, para pessoas com físicos convencionais, você que almeja um corpo bem diferente do convencional, tem que beber muito mais. Beba em média 3 a 4 litros por dia.

Mas por que eu devo beber tudo isso?
                                   
1. A água limpa as toxinas do corpo: A água consegue remover as toxinas e outros restos metabólicos do corpo. A água é ainda mais importante quando se está em uma dieta com bastante proteína, que é o mais comum em quem treina com pesos, a água neste caso ajuda a remover o excesso de nitrogênio, uréia e corpos cetônicos. Se você está comendo de forma monstruosa para ganhar peso, então você precisa de mais água ainda, para ajudar os rins a fazerem o seu trabalho.

2. A água ajuda a metabolizar gorduras: Sem a ingestão suficiente de água, os rins não conseguem funcionar de maneira correta. Quando isto acontece, uma parte da sobrecarga é transferida para o fígado. O fígado metaboliza gordura e transforma em energia. Se o fígado está fazendo o trabalho que os rins deveriam estar fazendo, você queima muito menos gorduras. Além disso, a ingestão de água ajuda como supressor natural de apetite.

3. A água reduz a retenção de líquidos no corpo: Ao contrário da crença popular, beber água na verdade ajuda você a liberar o excesso de retenção hídrica. Quando você não ingere o suficiente de água, o corpo se prepara para uma “seca” e começa a armazenar o máximo de líquidos possíveis, bebendo muita água você elimina essa necessidade do corpo.

4. A água ajuda os seus suplementos a funcionarem melhor: Suplementos como a creatina funcionam por causa da retenção hídrica dentro das células musculares. E obviamente para isto acontecer você tem que ingerir muita água. E mais, se você está treinando muito duro, você vai precisar de um polivitamínico e muitas vitaminas são solúveis a água, ingerindo líquidos você vai ativar estas vitaminas de forma muito mais expressiva.

5. Manter o pico de força: Se você deseja manter sempre o seu pico de força em todos os treinos, é bom começar a considerar a sua hidratação. Até mesmo uma pequena desidratação (3-4%) pode diminuir a força em até 15%.


Além da água que é hipotônica, os isotônicos são as bebidas mais indicadas e devem ser ingeridas de forma alternada com a água. Além de serem à base de água possui em sua fórmula sais minerais e carboidratos (6 a 8%), ideais para reposição de líquidos e eletrólitos perdidos através do suor  durante atividade física.
Como as concentrações de eletrólitos são semelhantes ao sangue humano, a absorção desse líquido é muito rápida. E mais, por apresentar baixa quantidade de carboidratos não há sobrecarga do aparelho digestivo. Além disso, fornecem energia para os músculos que estão em exercício. Mais atenção: só há necessidade de consumi-los se você perder mais de 2% de peso corporal durante a atividade física.
Uma forma fácil de verificação é você pesar-se antes do exercício e imediatamente após, aplicando a fórmula abaixo:

PESO PÓS -TREINO X 100
PESO PRÉ-TREINO

Subtrair o resultado de 100;
Resultado menor ou igual a 2: só a água será suficiente;
Resultado maior que 2: beba um isotônico, além da água; 
Nos dois casos, o resultado dessa fórmula também indica a quantidade (em litros) que você deve ingerir.

Se perdermos 5% do nosso peso corporal através do suor o desempenho na academia cairá em 30%, algo que não queremos de modo algum. Logo, é indicado o consumo de 400 a 600 ml de água 2 ou 3 horas antes do aeróbico ou da musculação. Este líquido prevenirá o estresse térmico, retardando a desidratação, aumentando a transpiração e diminuindo a indesejada elevação da temperatura corporal.

Durante o exercício também é importante se hidratar. Se o exercício durar menos que 1 hora, só a ingestão de água já é o suficiente, sendo recomendada 150 a 200 ml de água a cada 15 ou 20 minutos. Caso o treino dure mais de 1 hora, pode ser necessária a ingestão de isotônicos. Acontece que o corpo perderá sódio e potássio durante o suor, além de depletar o carboidrato (glicose) na geração de energia. Mas lembre-se: se o treino tiver como objetivo a perda de gordura, de nada adianta a utilização de bebidas com carboidratos, pois o corpo parará de utilizar as reservas lipídicas para fazer uso da glicose que acabara de ingressar na corrente sanguínea.

Após o treino, é importante que continue havendo a reidratação. Neste momento o praticante não deve ingerir cafeína ou álcool, já que estas substâncias são diuréticas e a ideia é reter ao máximo o líquido que entrar no corpo. Bebidas com sódio, potássio e carboidratos de alto índice glicêmico são boas opções! O sódio vai reter o líquido e ajudar contra a desidratação; potássio vai auxiliar no balanço hídrico e intramuscular; e o carboidrato fornecerá energia rápida ao organismo, quebrando o catabolismo.

Amanhã vou postar o treino novo...

Semana que vem tô voltando pra casa...Vai ficar mais fácil cuidar da dieta que ainda tá difícil. #hospitalEca...

Bjs.

2 comentários:

Rafaela disse...

Ah eu nao bebia agua tambem naoo
mas ela faz muito milagre haha

agora é no minimo 4 litros por dia :)

beijoooooos!

Flávia Lobão disse...

É isso mesmo Rafa..Agua faz milagres. Bjs

Postar um comentário

Saradas tricotando!!!