domingo, 4 de dezembro de 2011

5 bons motivos para consumir óleo de coco!!!



Antes rejeitado pelo alto teor de gordura saturada, o óleo de coco agora é considerado uma opção saudável. Confira 5 motivos para você incluí-lo na sua dieta:


1) Ação ANTIOXIDANTE – Colabora na diminuição da produção de “Radicais Livres”! Isto se deve principalmente a ação direta da vitamina-E presente na “Gordura de Coco Extra Virgem”. Contrário a outras gorduras, principalmente em relação aos óleos poliinsaturado, a gordura de coco diminuiu as necessidades de vitamina E do organismo.


2) AUMENTA A RESISTÊNCIA INSULÍNICA – a gordura de coco proporciona uma sensação de saciedade ainda maior e, acima de tudo, não estimula a liberação de glicose no sangue. Dessa forma, ele ajuda a diminuir a compulsão por carboidratos, principalmente doces. Contrário aos demais óleos polinsaturados que dificultam a entrada da insulina e nutrientes nas células, a gordura de coco abre as membranas das células não somente permitindo que os níveis de glicose e insulina se normalizem, mas também melhorando sua nutrição, restabelecendo os níveis normais de energia.

3) Colabora no processo do EMAGRECIMENTO – De fácil absorção, a gordura de coco é a melhor fonte de TRIGLICERIDEOS DE CADEIA MÉDIA, não necessita de enzimas para sua digestão e metabolismo. No fígado, este tri glicerídeos rapidamente se transforma em energia, desta maneira não se depositam no organismo. Por isso ela é considerada “termo gênico”, ou seja, capaz de gerar calor e queimar calorias. Esta propriedade, aliada a capacidade que a gordura de coco tem de estimular a glândula tireóide, aumenta o metabolismo basal e, conseqüentemente: EMAGRECE!


4) Melhora o sistema IMUNOLÓGICO - agindo na prevenção e no combate a  BACTÉRIAS e FUNGOS, restabelece a energia “roubada” por estes agentes. Conseqüentemente melhora a absorção dos nutrientes aumentando todas as defesas do organismo. A gordura de coco apresenta a maior concentração de Ácido Láurico, dentre todas as gorduras vegetais. Em outras palavras, é o mesmo ácido graxo presente no leite materno!


5 – Regula a FUNÇÃO INTESTINAL – Tanto nos casos de prisão de ventre ou mesmo nas diarréias, os componentes da gordura de coco agem normalizando as funções intestinais. Ao mesmo tempo o ácido láurico, através do monolaurin, ajuda a eliminar as bactérias patogênicas (inimigas), protegendo e favorecendo o crescimento da “flora amiga”.


Depois da reportagem do globo repórter ficou quase impossível achar o óleo de coco por um preço justo... Mas quem quiser, pode faze-lo em casa. Anota a receitinha:

  • 2 cocos secos médios
  • água potável da melhor qualidade que vc conseguir
  • vasilha grande
  • martelo
  • pano de prato
  • liquidificador


Como fazer:


1) Lave bem os cocos e retire o máximo possível dos fiapos da casca.

2) Quebre o coco e guarde a água (normalmente bato com o martelo no coco sobre uma vasilha bem grande). Quando quebra, a água escorre e pode ser recolhida facilmente sem muitos malabarismos.

3) Algumas pessoas costumam retirar a água, furando os “olhos” do coco com um preguinho mas acho isso muito trabalhoso.

4) Envolva o coco num pano e termine de quebrar a casca. Quanto mais quebrar, mais fácil fica para retirar a polpa.

5) Separe a polpa da casca com a ajuda da ponta de uma faquinha.

6) O próximo passo é medir a água de coco reservada e adicionar água até completar mais ou menos 1 litro. 

7) Bater tudo no liquidificador por cerca de 2 a 3 minutos (dependendo da qualidade e, por consequência, da quantidade da polpa, pode ser necessário mais água. Vá acrescentado aos poucos – chego a usar no máximo 1 litro e meio).

8) Espremer essa massa num pano limpo (geralmente uso uma peneira bem grande e deixo escorrendo enquanto faço outras coisas e termino “ajudando” com um colher – apertando a massa contra a peneira – para retirar todo o líquido.

9) Guarde a polpa no freezer para utilizar em receitas que levam coco ralado: bolos, docinhos de festa, etc.

 10) Leve o líquido à geladeira imediatamente – ele azeda com facilidade. O leite de coco já está pronto assim. Você não precisa retirar a gordura dele, se não quiser.

 11) O leite de coco substitui o leite de vaca com inúmeras vantagens. Dura na geladeira uns 3 dias.

 12) Para se obter a gordura (o óleo!) do coco, deixe o leite descansando na geladeira de um dia para outro. Você notará uma camada gordurosa e firme por cima.

 13) Retire essa camada cuidadosamente e guarde num pote fechado na geladeira. Com 2 cocos muito bons dá para obter cerca de 80/90g de gordura. Não sei a validade dessa gordura. Em casa sempre acaba muito rápido.

 Dá um pouco de trabalho, não rende muito mas você tem certeza do que está consumindo. Espero que goste!


 Bjs....
 
Ah, amanhã vou fazer um post sobre a mais nova onda do momento: o Tribullus terrestris.

9 comentários:

Angelica Hutter disse...

Oi vc sabe diser qual a quntidade ideal para uso deste óleo de coco?

Angelica

mara disse...

oi flavia, falei da fonte cinza e fundo vermelho, mas mudou! acho q ainda tava carregando a tela e fui ansiosa! agora com fundo branco leio perfeitamente

Flávia Lobão disse...

Angélica, entre 2-3 colheres de sopa... O ideal é começar tomar aos poucos de 1/2 colher, porque pode causar enjoo... Bjs.

Flávia Lobão disse...

Oi Mara, obrigada pela dica... Assim é melhor mesmo..bem menos cansativo. bjs.

Anônimo disse...

Onde se encontra o óleo de coco?

Kaly

Flávia Lobão disse...

Kaly, vc pode encontrar o óloe de coco em lojas de produtos naturais.
Bjs.

Anônimo disse...

Tá ok Flávia.

Obrigada por me responder

Bjs

Kaly

LyA Bodies disse...

tomo e recomendo... óleo de coco só faz bem, na papa de aveia fica mto bom tmb :)

Camila disse...

OI Flávia, peguei o seu link no SA e estava justamente procurando notícias sobre o óleo de coco. Ajudou bte e adorei o blog! vou continuar acompanhando. bj

Postar um comentário

Saradas tricotando!!!