terça-feira, 21 de maio de 2013

Comendo como um monstro! Um dia da minha dieta de bulking.

Hello,

Como estão? Já perceberam que o frio está chegando devagarinho e com isso a vontade de ir para academia começa a diminuir, a de comer coisas calóricas começa a aumentar... elá em setembro começa a loucura e a busca incessante pelo corpão de verão... é dado a largada ao projeto verão 2014! Quem nunca viu essa história?

Bem, aqui é diferente, nós somos mais fortes, não é? Dez segundos para pensar.... SIM!!!

Toda vez que esse tipo de pensamento passar pela sua cabeça resista e imagina que você não vai precisar passar por uma maratona, enfrentar dietas malucas para tentar em pouco tempo ter o corpo que sempre quis! No fundo vc tb sabe que isso não funciona, então foca aí que eu foco aqui!

Graças a Deus eu me recuperei e voltei firme e forte para os treinos! Agora posso dar continuidade ao projeto ultrasecreto: Body of diamond!!!

Então essa está sendo minha 2ª semana das 6 que tenho ao total! Vamos ver se eu consigo ganhar algo com qualidade. Estou fazendo cardio 3 vezes na semana para controlar o acúmulo de gordura.

E a dieta está girando em torno das 3000 kcal... Ja me pediram mil vezes para postar minha dieta, mas vcs já sabem a minha opinião! Nós somos únicos e respondemos diferente um dos outros. Tanto que a minha distribuição de macronutrientes é totalmente diferente da maioria das pessoas em bulking. Então as fotos é só para dar uma idéia do que eu ando comendo nessa fase...

Aí vai uma fotinhos...


Primeira refeição eu como isso todo santo dia e não enjoo, na verdade eu adoro!!! Uma boa xícara de café preto, papinha de banana com whey e aveia e pão integral (sírio ou de forma) com manteiga de amendoim que eu faço (na foto tá cottage, porque ontem acabou a manteiga e só vou fazer amanhã)


Segunda refeição: 24g de castanhas do pará

Aí eu vou treinar...

Terceira refeição: pré-treino

Quarta refeição: pós treino


Quinta refeição (pós treino sólido): arroz ou batata doce, legumes, frango e azeite, muito azeite! Nesse bulking eu já comentei que não tem o carbo como base e sim a gordura. A proporção de carbo e proteína é bem parecido, mas a gordura é bem mais alta.



Sexta refeição, essa acontece lá na facul. Hipercalórico com mix de castanhas


Chego em casa azul de fome e vou para minha sétima refeição, que é igual ao almoço


a oitava eu tomo um iogurte grego que eu faço com alguma geléia 

e finalmente a nona e última...

uma caseína com whey.


E boa noite, hahahahaha

Bem é isso, essa fartura toda que eu adoro, porque comer é comigo mesmo! Quero ver no cutting!

Bjs.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Food Revolution Day!

Oi Gente,

Faz tempo que eu não venho aqui... quase uma semana! E que essa em particular foi corrido! Estou planejando um desafio muito legal e tá dando um trabalhinho. Mas hj eu vim aqui para falar de outra coisa muito legal.

Vcs conhecem o Jamie Oliver? Ele é um famoso chef inglês que luta incessantemente pela melhoria da alimentação das pessoas, principalmente das crianças nas escolas. Eu sou muito fã dele, sempre assisti seus programas de culinária e virei mais ainda quando ele deu inicio ao projeto "Food Revolution Day". Esse ano está acontecendo a segunda edição dessa ação.




E se baseia em reunir as pessoas em casas, escolas, locais de trabalho e espaços sociais para compartilhar seus conhecimentos de culinária, cozinhar juntos e simplesmente desfrutar da companhia uns dos outros.

Por que Food Revolution Day? Porque Oliver está em uma missão há muitos anos para mudar a maneira de como as pessoas se relacionam à alimentação. Ele fez uma declaração que é a nossa realidade:  "habilidades de cozinha usadas no passado era passadas de geração em geração, mas agora milhões de pessoas não têm nem mesmo as habilidades mais básicas de cozinha. Precisamos voltar ao básico: cozinhar e comer produtos frescos locais, compartilhar habilidades culinárias e conhecimento de alimentos. O Food Revolution Day é a nossa oportunidade de começar a mostrar ao mundo a importância de uma boa alimentação e habilidades essenciais de cozinha".

Jamie Oliver-poster

Eu tinha programado esse post para ontem mais ele não entrou... e como já estamos a tarde não dá pra fazer muita coisa... Então vamos estender  Food Revolution Day para o Food Revolution Weekend. Então durante esse final de semana vamos nos preocupar em fazer refeiçoes saudáveis, sem jacar. Vamos postar receitas, fotos, qualquer coisa que se relacione com uma alimentação saudável.

Quem vem comigo?

No facebook podem marcar meu nome e no instagram usem a hashtag #foodrevolutionbrasil  #meumenufit para eu achar vcs!

Vamos lá gente, a mudança começa com a gente que serve se exeplo para outros que passam a ser para outros e assim por diante!!!

Todos juntos por um mundo mais saudável!!!

Bjs.

sábado, 11 de maio de 2013

Notícias e cottage!

Oi gente, tô aqui me recuperando e semana que vem volto com tudo...

Mas enquanto isso quero compartilhar a receita de cottage caseiro 0% de gordura!

Tá lá no Meu Menu Fit



http://meumenufit.blogspot.com.br/2013/05/cottage-caseiro-0-de-gordura.html


Bjs.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Nova fase, nova missão: Building a boby of diamond

Você despretensiosa vai lá na sua caixa de entrada e vê um email e pah!!!

(clica que aumenta)


Oba treino novo e dieta nova entrando em ação... Mas do que isso, eu me divirto horrores com a maneira criativa do Paulo de colocar o "espirito do ou vai ou racha" em vc.

Como vcs viram, serão 6 semanas de bulk para tentar aumentar a massa em mais 4 quilos. Com isso o aporte calórico continua alto mas teremos cardio 3x na semana para controlar o acúmulo de gordura.

O treino está mais intenso e depois da visita me senti mais preparada e me desafiar e fazer as coisas acontecerem. Na segunda-feira, iniciei a dieta e treinei superiores como se não houvesse amanhã. E ontem fui fazer o treino de perna e como vcs viram:

Ponto crucial da missão: Membros inferiores coloque 150%   de atenção nessa parte da missão .

e lá fui eu, focadíssima treinar. Estava realmente com sangue nos olhos para poder fazer "O TREINO". Eis que no aquecimento eu consigo me lesionar... SIM eu disse no aquecimento, estava tão empolgada que fui com muita sede ao pote e me afoguei. Agora estou aqui com dor e sem treino, só a base de analgésico.

Por conta disso, o conselho que dou é que tenha foco e consciência corporal o tempo todo, não menospreze o aquecimento ou um exercício que achar bobo, porque é esse aí que te ferra.

Ah, e não posso tirar foto durante esse período para ver se depois das 6 semanas eu consigo "chocar a sociedade"!

Bem é isso, agora vou recuperar para voltar a ativa o mais rápido possível!

Beijos.

domingo, 5 de maio de 2013

De onde vim? Para onde vou?

Sentem, deitem, fiquem bem confortáveis por que o post de hoje é daqueles que parecem que não vão acabar mais...

E não, infelizmente não terá nenhuma foto o Arnold Classic Brazil, uma vez que eu não fui...


Fiquei bem chateada, mas não deu para ir por questões pessoais...

Maaaasssssssssss, nem tudo nessa vida está perdido. Eu recebi a visita do meu querido amigo AND treinador Paulo Zulu na minha humilde residência.

Foram três dias de muita, conversa e muito treino e consequentemente muita dor... hahahaha

Assim começou nossa segunda-feira: feliz da vida antes de ir treinar!


Lá na academia nós fizemos um treino para costas. E pela primeira vez treinei junto com a Tati que tb faz assessoria com o Zulu aqui em Campos.

E foi aí que eu comecei a entender que o negócio iria ser difícil, kkkkkk! A pessoa meiga e carinhosa se transformou no verdadeiro capitão Nascimento! Zoinho fechado para conseguir arrumar forças para puxar, afinal faltava SÓ mais 3!



No dia seguinte foi dia de conhecer a Kelly. Nós moramos na mesma cidade, treinamos na mesma academia, mas nunca treinamos juntas. Ela tb faz assessoria com o Paulo e aí aproveitamos para nos conhecer e sermos solidárias uma a outra no momento de dor e que dor, porque afinal foi: LEG DAY!!!

 Aquecimento... e já doía tudo!!!

Rindo para não chorar!

Isso porque a gente achava que fazia extensão de quadríceps. ACHAVA!!! Só Deus sabe como a gente conseguiu levantar de lá...



No último dia, as três sobreviventes se uniram para o último treino. O treino foi daqueles de deixar recordações! Core Training! 


                                                                 O treino foi mel na xupeta!


#SÓQUENÃO!!!!

Olha a minha cara de desespero!

Mas no final tudo acaba bem e todo mundo sorri!!!



Um resumo em vídeo dos nosso treinos.



E também no último dia, foi a vez de fazer as avaliações da dieta, dos treinos e antropométircas...

Há duas semanas eu postei uma foto do então meu peso atual


Eu nunca tinha batido esse peso a anda faltava uma semana de bulking...
Aí no dia da avaliação fui me me pesar...


E deu isso aí!!! G-zuizy! eu ria sozinha!!!

Tá mais isso não quer dizer nada, balança não é parâmetro muito confiável.  Então fazendo a avaliação, nós vimos que em um mês eu ganhei 4 quilos e que desses metade foi gordura e metade massa magra! E meu bf aumentou 3%.

E agora vamos para as fotos comparativas...

ATENÇÃO: IMAGENS FORTES! TIREM AS CRIANÇAS DE FRENTE DO COMPUTADOR!

                            Antes                                                               Agora


Antes                                                               Agora


      Antes                                                               Agora

Caraca que gorda!! Mas esse é o ônus para conseguir o bônus! E nessas fotos estava retida por conta do período menstrual!

Mas o Paulo tb fez um comparativo das minhas fotos lá do começo de tudo há um ano e 3 meses atrás!







quanta diferença e isso me faz ver que estou no caminho certo!!!

E agora? Quais os próximos passos? Cut? Não, eu vou continuar no bulking por mais 8 semanas! Mas a dieta vai mudar um pouco e os treinos terão cardio para evitar que o bf suba ainda mais! 

Apesar do meu desespero com shape de bola, eu confio nas indicações do Paulo e vamos arriscar! Onde será que eu vou parar?

E quando minha dieta e minha planilha de treino chegarem eu conto tudo para vcs!

Foi assim e ele partiu... deixando saudade e dor que sinto até hj nos quadríceps, kkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!



Bjs....

Ah, receitinha super especial no Meu Menu Fit: Pizza do Bem!

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Carboidratos, pico de insulina, Índice glicêmico: Para entender de vez!!!

Oi gente

Hoje estou republicando esse post que fiz a quase dois anos e que agora com mais maturidade, por conta da faculdade eu revisei alguns pontos e estou compartilhando com vocês!




Entender a ação dos carboidratos e a formação dos picos de insulina no nosso organismo as vezes é complicado. Basicamente a gente sabe que carboidrato refinado não é bom e integral é, mas por que disso? Qual a diferença de comer um pão integral ou um pão branco se ambos tem praticamente a mesma quantidade de kcal?

Bem, vamos lá tentar entender! Vou tentar usar uma linguagem simples para ficar claro!


Os carboidratos são divididos basicamente em 2 grupos: os simples e os complexos.



Os carboidratos complexos são aqueles que possuem estrutura química mais complexa, formados por mais de duas moléculas de açúcares (glicose). Ou seja, são digeridos mais lentamente pelo corpo, fornecendo nutrientes de forma constante, por mais tempo, durante sua digestão.

Carboidratos simples, por outro lado, como o nome já diz, tem estrutura química simples com uma digestão facilitada, que acaba acontecendo bem mais rápido.


Importante saber que: todos os carboidratos, após digestão, são transformados em açúcar (glicose).



Como o nosso corpo reage quando comemos os carboidratos?


Quando a gente come alimentos ricos em carboidratos simples (massas, arroz branco, doces, etc.), estes são digeridos rapidamente pelo organismo liberando altas quantidades de glicose no sangue, como resultado da digestão. Isto causa um aumento da concentração de glicose no sangue.


Quando isso acorre, a insulina, que é o hormônio que sinaliza para célula que ela precisa capturar essa glicose, é ativada. A concentração de insulina no sangue é proporcional à concentração de açúcar, que é proporcional à quantidade de carboidratos ingerido.


O corpo possui 2 formas principais de armazenar energia que precisamos:

Uma delas, é uma fonte de energia rápida, de fácil acesso chamada glicogênio. A outra é uma fonte maior de energia, a gordura.

O glicogênio é armazenado em quantidades limitadas no fígado e nos músculos (300g-400g). E o corpo sempre prefere armazenar a energia extra como glicogênio. Mas quando os estoques já estejam completos, o corpo é obrigado então a recorrer ao seu estoque secundário, as células de gordura 


A insulina é o hormônio que irá percorrer o sangue levando esta energia (glicose) aos seus destinos, músculos, tecidos, gordura, etc. Quando ocorre o pico de glicose, o corpo percebe isso e libera insulina em quantidades altas para recolher todo esse açúcar que não será usado no momento e estocá-lo como gordura! Esse recolhimento feito pela insulina é muito ágil, fazendo com que os níveis baixem rapidamente.


Quando o corpo percebe que os níveis de açúcar estão baixos, ele dispara um sentimento de fome, afinal você precisa restabelecer estes níveis. Ao ter fome, você irá atrás do que irá repor energia rapidamente, ou seja carboidratos, e assim se forma um ciclo.

E quando a gente não come, fica em jejum é que começa o processo catabólico. O corpo vai atrás de fontes de energia em qualquer lugar, mas infelizmente ele tem uma preferência por quebrar proteínas do que gordura para obter essa energia que está faltando.


RESUMINDO: Você come carboidratos simples -> o corpo digere rápido -> aumentam os níveis de açúcar no sangue -> o corpo libera insulina -> o excesso de açúcar é armazenado, resultando em níveis baixos de açúcar no sangue -> causa fome -> você come novamente e se fecha o ciclo.



Uma coisa simples e importante para se lembrar é: Caso você tenha uma refeição rica em carboidratos simples, ou seja, de rápida digestão, o corpo irá transformar todo este carboidrato rapidamente em glicose, fazendo com que os níveis de açúcar no sangue subam, exigindo que o corpo libere quantidades elevadas de insulina para a “limpeza” e retomada do equilíbrio.


Caso você tenha uma refeição rica em carboidratos complexos, a digestão acontece mais lentamente, desta forma você terá sensação de saciedade prolongada, não sentindo fome tão cedo. O corpo irá liberar no sangue quantidades constantes e controladas de glicose. Não liberando, portanto, grandes quantidades rapidamente, como no caso dos carbos simples. Isso fará com que o corpo evite liberar quantidades altas de insulina, ou seja, o corpo liberará quantidades controladas no sangue para que a glicose seja entregue de maneira eficiente ao seu destino. Sendo este processo controlado e constante, o armazenamento da glicose como gordura é diminuído.

Você não sentirá alterações na sua energia e disposição, pois não existirão níveis baixos de glicose no sangue causados pela ação da insulina.



Quando os níveis de insulina no sangue estão altos, o corpo não irá tocar nas células de gordura para utilizar-se de energia, ou seja, não queimará gordura.



A insulina desempenha seu papel de favorecer o bloqueio ao acesso às células de gordura que, mesmo com exercícios aeróbicos intensos, fica difícil se queimar gordura. Isso só começa a ocorrer quando os níveis de insulina voltam à normalidade.


Se você não quer ter picos de insulina no sangue, fique atenta ao índice glicêmico dos alimentos. O índice glicêmico (IG) é o capacidade que um determinado alimento tem de aumentar a carga de glicose no sangue comparado a um alimento padrão, normalmente o pão branco.
Quanto mais alto o IG, mais rápido é o aumento da glicose no sangue. Quanto mais baixo, mais devagar e de modo contínuo a glicose é liberada.

Durante o período do pós-treino, cuidado ao ingerir carboidratos simples e de alto índice glicêmico como malto ou dextrose, junto com whey porque dependendo da quantidade, pode levar a picos de insulina e consequentemente armazenamento dos excessos como gordura. Daí vem a qual famosa observação de que malto ou dextrose "dão barriga".

Abaixo eu coloquei dois links para pesquisa de IG dos alimentos:






É isso aí, todos em busca de bons resultados aliados a uma boa alimentação!!!

Ah, e não deixem de visitar o Meu Menu Fit, com receitas gostosas, práticas e saudáveis. Tem um link aqui do lado, é só clicar em cima. 

Bjs.