terça-feira, 30 de julho de 2013

Um dia após o outro!

Oi gente...



Depois de 15 dias estou de volta! Mas dessa vez não fiquei longe por não ter nada para contar, pelo contrário... tenho muita coisa acontecendo, mas minha vida deu uma reviravolta e não das melhores! Então foi quanto aquela hora de perder a vontade de fazer algumas coisas chegou. E escrever aqui acabou sendo  uma delas, esse espaço é para compartilhar coisas legais, desafios e superações, não para me lamentar, por isso resolvi dar um tempo, pensar, me recompor e voltar!

É muito chato vc ver um sonho escapando por entre os dedos e não conseguir fazer nada. Foi difícil levantar encarar de frente a realidade e seguir... Bem, eu levantei, encarei e agora tô seguindo!

Mas fiquei feliz que mesmo com esses problemas, não perdi o foco. Podia ter mandado a dieta para casa do c* mas não! Segui firme e forte, cozinhando minhas marmitinhas e fazendo as refeições direitinho. Podia ter me entregado aos chocolates, biscoitos, pizzas, mas o prazer que é momentâneo, essa mania idiota que a gente tem de querer compensar as frustrações na comida, não rolou. Os treinos tb foram uma ótima válvula de escape, saía da academia regenerada.

Tb tirei na semana passada, alguns dias de férias. Foi aniversário do meu irmão e tb completou um ano desde o transplante  de medula. Então como minha dieta permitia, eu comi alguns carbos e isso incluiu uns pedaços de bolo de aniversário e um chocolate quente em Penedo com direito a um friozinho delícia de 11ºC.

Hoje segunda-feira, muito mais tranquila e consciente estou voltando para o blog e tenho pensado muito em como comemorar os dois anos de existência desse meu cantinho!

Eu gostaria imensamente de me desculpar com vc que deixou um comentário e que eu não respondi. Bem, não foi intencional, não foi porque eu me acho melhor do que vc, ou porque eu me acho "a blogueira", foram as circunstâncias. Eu nunca deixaria de responder um comentário propositadamente, podem ter certeza. As vezes realmente eu tô cheia de coisas no trabalho ou na facul e realmente não dá tempo de responder na hora, mas eu sempre respondo e podem ir lá olhar que está tudo respondidinho e qualquer coisa é só me berrar no Face ou no Instagram que eu respondo.

Espero que não me abandonem e que me entendam! Um beijo grande!!!


segunda-feira, 15 de julho de 2013

Como quebrar o platô!


Quando se decide emagrecer não tem com fugir da dupla dieta e atividade física. E nas primeiras semanas os resultados são incríveis, o ponteiro da balança só vai caindo, desde que a gente esteja queimando mais calorias do que está consumindo. Essa equação é básica, comer menos, gastar mais!

Mas quando tudo isso empaca? O tão temido platô chegou!!!

Isso ocorre porque nossas necessidades de calorias para perder ou manter peso mudaram de acordo como as alterações de peso corporal. No novo peso (mais baixo), de fato precisamos de menos calorias para nos manter, diferente de quando estávamos mais pesadinhas.

Por esta razão, ao chegar a um platô, é preciso ou aumentar mais a perda calórica em relação a anterior ou reduzir a quantidade dos alimentos ainda mais.

Existem boas opções para ajudar na quebra desse platô...

Antes de mais nada, é preciso avaliar se realmente essa perda de peso é necessária. A primeira coisa a considerar quando a gente parar de perder peso é se a gente já atingiu um peso saudável. Ao definir uma meta de peso, é importante ser realista. O objetivo para um peso adequado dever ser apropriado para sua altura e tipo de corpo.

Se você tentar atingir um valor muito baixo, vai acabar em uma luta constante na tentativa de alcançar e manter essa meta sempre. O seu corpo sempre estará lutando contra você e provavelmente seja difícil manter essa luta sem ter um impacto negativo no seu bem- estar.

Ao invés de perder mais peso, tenha como objetivo manter o peso saudável e trabalhar em aspectos como tonificação e fortalecimento muscular o que pode melhorar a sua saúde e aparência. De que adianta se magra e toda molenga... A tonificação deixa o corpo mais delineado, fazendo você parecer mais magra.

Mas se você ainda não atingiu o peso considerado saudável e precisar ainda quebrar o platô, ajustar sua dieta pode ser uma boa estratégia. Isso segue a mesma linha de raciocínio que já comentei acima, como agora nós pesamos menos do que quando começamos a dieta, a quantidade de energia que necessita acaba sendo menor. Então o legal é tentar fazer algumas modificações durante a rotina alimentar como, reduzir o tamanho das porções, comer porções maiores de alimentos de baixa energia, como legumes e ricos em fibras e escolher opções que contenham alta quantidade de proteína, que vai te manter mais satisfeito durante mais tempo.

Tenha certeza de tudo que está comendo e certifique-se que a sua dieta não seja compostas de calorias vazias que não te trarão benefício nenhum e só vão dificultar mais ainda o seu processo de perda de peso como refrigerantes, sucos industrializados, fast-food.

Lembrando sempre que o melhor profissional para auxiliar nessa questão de elaboração adequada de uma dieta sempre será o nutricionista!

Gastar mais energia é outra ótima maneira de quebrar o platô, e pode significar que você não precise cortar de maneira tão radical a sua ingestão alimentar, embora uma combinação de ajustes na dieta e na rotina de exercícios é a estratégia mais bem sucedida.

Aumentar as sessões de treinamento, a duração ou a intensidade podem ajudar a queimar mais calorias. Se você tem pouco tempo para treinar, a melhor maneira de queimar mais é fazer treinos de maior intensidade, pois estes queimam mais calorias em um período de tempo mais curto.

Às vezes é até mais simples do que a gente pensa. Só a mudança do treino pode ser suficiente para queimar mais calorias. Se o seu corpo fica durante muito tempo realizando os mesmos exercícios, vai chegar uma hora que ele vai se adaptar aquela condição e torna-se menos eficiente na queima de calorias. Variando sua rotina ou escolher uma atividade diferente, você pode queimar mais calorias e evitar o tédio. Então essa história de ficha que só muda a cada 4 ou 5 meses, está por fora, peça para o seu instrutor elaborar uma nova!

Embora os exercícios aeróbicos queimem mais calorias, a musculação também pode contribuir e aumentar a massa muscular, que por sua vez, queima mais calorias mesmo quando você está em repouso. Chega dessa história de achar que toda mulher que faz musculação vai ficar parecida com homem, porque não vai...

Além disso, você pode contribuir ainda mais com a quebra do platô fazendo atividades rotineiras que deixamos para trás, devido “aos tempos modernos”, ou seja, parar o carro um pouco mais distante e ir caminhando, subir pelas escadas ao invés do elevador, dar uma boa faxina na casa, entre tantas outras!

Mas acima de tudo, não perca a esperança! É fácil jogar a toalha e desistir quando você está seguindo uma dieta, fazendo seus treinos e não vendo os resultados desejados. O platô pode ser um ponto de desistência para muitos que simplesmente perdem a esperança e voltam com seus antigos hábitos alimentares. Ainda mais hoje que praticamente virou uma disputa no Instagram, no Facebook de que é mais famoso porque é mais saudável! Não se deixe abater porque sua amiga conseguiu perder mais peso que você! Use as redes sociais para trocar informações e não fazer a guerra do “eu sou melhor do que vc!”.

Agora, se você deixar toda essa neura de lado, persistir, vai acabar encontrando uma maneira de continuar a perder peso e não vai se arrepender. Não tenha medo de pedir ajuda, se você não consegue entender por que você não está perdendo peso, as vezes uma simples dica pode ser a chave pro sucesso!


Um beijo!

segunda-feira, 8 de julho de 2013

O tão temido Cut!!! Vamos lá!!!

Sei que fiquei de falar dos novos rumos, novas estratégias na semana passada, mas eu preferi "sentir" antes de falar!!!

E agora depois de uma semana posso falar com propriedade!!! 

Como não podia deixar de ser, recebi minha missão por email... e apesar de ser crime revelar documentação sigilosa,  vou compartilhá-la com vcs: 

Soldado Flavia lobão atenção nessa missão

O CODINOME DA MISSÃO: “BUILDING A BODY OF DIAMOND ativa ”

Status da missão:  Limpeza

Os suplementos alimentares bem como os mantimentos se mantem os mesmos e os adicionais que serão enviados essa semana.
Como toda construção entulhos sobram, então para  se observar a beleza dessa construção temos que retirar esse entulho, mas será de uma forma sutil  alternando  duas semana de trabalho duro e dieta um pouco mais restrita e uma semana de recuperação tanto nos treinos quanto na dieta (anterior)

Então é isso, semana passada e esta semana os treinos estão bem intensos, de matar mesmo e a dieta mais restrita, comparando claro com a anterior de bulking. Da mesma forma que o bulking foi longo, o cut também será e o que foi feito de diferente está relacionado com diminuição dos carbos, assim a dieta está girando em torno de 2400 kcal. Para cut, o aporte energético  está bem alto, mas lembrando que no bulk a dieta girava em torno de 3200 kcal, um déficit de 800 kcal, não é nada mal ainda mais quando aliado as sessões de cardio.

A dieta está sendo baseada nos princípios da Dieta Di Pasquale, com baixo carbo, aprox 100 g (mas nem tanto quanto a original que permite míseros 30 g de carbo), alto de gorduras boas e médio-alto de proteína.
Depois de uma semana posso dizer que quero meus bolinhos de volta e estou com fome. Continuei com o cobavital essa semana, mas pedi para o Paulo tirar porque depois que como eu ainda sinto fome, não tô precisando dele para me ajudar a comer, como no bulking. E acho que tô precisando de picolinato de cromo, porque pareço cachorro babando na frente da panela de aipim do marido...

Um dia da minha dieta seria algo do tipo:

REFEIÇÃO I Calorias: 250,91kcal
Aveia, flocos finos
Caseína 
Agua 
Pasta de amendoim

REFEIÇÃO II Calorias: 168,55kcal
Castanhas do pará

REFEIÇÃO III Calorias: 483,02kcal
Azeite, de oliva, extra virgem
Salada mista variada
Legumes refogados mistos
Frango, peito, sem pele, grelhado

REFEIÇÃO IV Calorias: 241,25kcal
Massive gainers - nutek - hipercalorico
Água
Mix de castanha de caju + nozes + castanha do pará

REFEIÇÃO V Calorias: 483,02kcal
Azeite, de oliva, extra virgem
Salada mista variada
Legumes refogados mistos
Frango, peito, sem pele, grelhado

REFEIÇÃO VI Calorias: 469,82kcal
Mix de castanha de caju + nozes + castanha do pará
Queijo, minas/frescal
Café, infusão 10%

REFEIÇÃO VII
Caseína

São duas semanas nessa dieta e uma semana recuperativa, com dieta com alto carbo, como no bulking.

Em relação aos treinos, como já mencionei, super intenso. Quando vc acha que vai melhorar, que vai parar de doer, começar tudo de novo e pior... ainda estou dolorida do treino de quinta, pouco, mais estou!!!

Meu treino está dividido em A, B e Cross trainer.

Treino A (cadeia anterior - membros superiores e inferiores)
Treino B   (cadeia posterior - membros superiores e inferiores) 
Cross Trainer: (glúteos, abs e cardio) 


Acho que deu para matar um pouco a curiosidade. Durante a semana vou atualizando e mostrando um pouco mais dos treinos, porque a dieta é isso e ponto, não pode mudar NADA!!!

Um beijo grande!

terça-feira, 2 de julho de 2013

Qual o seu tipo de corpo?

Oi...

Na minha última postagem eu perguntei se vcs sabiam exatamente qual era o seu perfil corporal?

Bem, o post de hj é para ajudar aqueles que não sabem e para os que acham que sabem poderem tirar a prova dos 9.

A maioria das pessoas tem combinações dos três tipos de corpo. Por exemplo, algumas têm a parte superior do corpo de um ectomorfo e a parte inferior do corpo de um endomorfo, resultando numa parte superior mais magra e um inferior mais propensa a acumular gordura, criando a forma de uma pera.

Mas muitas vezes não é nada clara essa distinção. Não só a altura não tem a ver com o a determinação do tipo corporal, apesar das pessoas sempre associarem pessoas magras e altas como ectomorfas e pessoas mais corpulentas e baixas como endomorfas.

Mas em linhas gerais podemos definir assim:

Ectomorfo
Magro de aparência linear
Levemente musculoso
Gordura corporal baixa
Ombros, seios e glúteos pequenos
Braços e pernas longas
Dificuldade em ganhar peso
Metabolismo rápido e eficiente
Hiperativo
Dificuldade em ganhar massa muscular

Mesomorfo
Naturalmente magro
Naturalmente muscular
Naturalmente forte
Ombros largos
Gordura corporal distribuída uniformemente
Perde gordura fácil
Metabolismo eficiente
Ganha músculo fácil
Responde rapidamente ao exercício

Endomorfo
Corpo arredondado
Ganha massa muscular com facilidade, mas tende a ser subdesenvolvida
Altos níveis de gordura corporal (pode ser excesso de peso)
Ombros pequenos, cintura alta e quadris largos, criando um corpo em forma de pêra
Difículdade em manter baixa gordura corporal
Taxa metabólica lenta
Perde peso lentamente

3 Body types - ectomorph, mesomorph and endomorph

Outros observações também podem ajudar a determinar o tipo de corporal como:

1. METABOLISMO

Aqueles quilinhos extras que você ganhou num feriadão você perde rápido após uma pequena mudança na dieta ou voltando para academia? Se sim você provavelmente é um mesomorfo. Se você se esforça para perder esses quilinhos, então tende mais para características endomórficas. E se você perde só de voltar a rotina sem fazer esforço extra algum, provavelmente você é um ectomorfo.

2. HÁBITOS ALIMENTARES

Compare seus hábitos alimentares com a sua aparência. Se você consume uma grande quantidade de calorias e ainda é magro, você é provavelmente um ectomorfo. Se você consome poucas calorias e ainda é magro, você é provavelmente um mesomorfo e se você consume poucas calorias e ainda aparenta ser forte você é provavelmente um endomorfo.

3. DE VOLTA AO TÚNEL DO TEMPO

Relembre como era seu corpo na adolescência, quando o metabolismo estava a mil (o metabolismo fica mais lento à medida que envelhecemos, fazendo com que fiquemos mais propenso a ganhar peso) e estilo de vida que levou e que transformou seu corpo em que ele é hoje.

4. FOTOS

Olhe algumas imagens dos vários tipos de corpo e veja se você se identifica com alguns deles.


Quando a gente passa a conhecer o perfil corporal as táticas de ganho de massa magra, perda de gordura acabam sendo mais eficientes e os resultados mais duradouros.

Eu acredito que todo mundo tem potencial para desenvolver uma grande forma física (independentemente do seu tipo de corpo dominante). Mas é preciso conhecer seu corpo, seu metabolismo para conseguir os melhores resultados. Se você é uma pessoa com uma estrutura grande, provavelmente nunca será uma Gisele Bundchen, mas com certeza pode ser magra e usar 40. É perda de tempo, inútil para uma pessoa com características de mesomorfo ou endomorfo, tentar ser magro como um ectomorfo, isso só vai levar à decepção e problemas de saúde. E o contrário também, eu nunca serei uma Dani Tâmega, posso treinar, me matar comer quilos e quilos de comida que não dá. O segredo é conhecer estratégias de treinos e dietas que façam você tirar o melhor proveito do seu biotipo, evitar frustrações e ser feliz.


                 Do Tipo:             Nunca                                        Possível


Um beijo!!!